logotype
Oct
2018

Um pouco do nosso passado na estrada…

De autênticas peças de museu a exemplares com bastante ferrugem, de nacionais a estrangeiras, umas a pedalar para a frente, outras a pedalar para trás, a participantes com rigorosos trajes dos nossos antepassados… Foi assim que a aldeia da Burinhosa foi invadida por 209 participantes e outros tantos exemplares neste V Encontro Nacional de Bicicletas Antigas.
O primeiro encontro deste primórdio meio de transporte em Portugal demorou quatro anos a alcançar os 100 participantes, o que aconteceu na edição do ano passado, onde marcaram presença 107 participantes. Este ano, 209 exemplares surgem novamente de todos os pontos de Portugal e ainda de Espanha, para se reunirem nesta pequena aldeia.
O tão desejado dia começa a nascer com um radiante sol, assim como, os participantes começam a chegar à sede do grupo Men In Bike com exemplares únicos e de marcas tão conhecidas como, Rudge, Raleigh, Philips, BSA, New Hudson, Humber, Triumph, Sunbeam, assim como as várias marcas nacionais e as típicas e muito conhecidas Yé Yé… Participantes de todas as idades, modelos que vão desde o simples triciclo até a exemplares que se pedala para trás para se poder andar para a frente, como é o caso do excelente exemplar da marca Hirondelle Saint-Etienne datada de 1942.
Este ano, os participantes tiveram ao seu dispor um espaço que recriava os nossos antepassados, onde poderiam tirar uma fotografia que mais tarde lhe seria oferecida, para um dia poder mostrar aos seus netos. A comunicação social voltou a estar representada em várias frentes o que originou um grande interesse por parte dos participantes.
As habituais conversas entre participantes e coleccionadores foi um ponto forte neste encontro, pois todos ficaram com a ideia que este meio de transporte está a ter uma grande procura por parte de todos, o que anteriormente era esquecido lá por casa, está agora a ser muito procurado, quer as principais marcas portuguesas como principalmente os modelos ingleses…
A meio da manhã deu-se finalmente início ao passeio pelas ruas da aldeia rumo ao Pinhal de Leiria, onde os participantes formavam uma caravana com algumas dezenas de metros. Durante o almoço, mais uma vez, houve tempo para troca de ideias, recordações da época e de muito convívio entre os participantes, o que já se torna habitual neste encontro. Com a chegada da hora de partir, a caravana ruma agora ao centro de São Pedro de Moel, onde centenas de pessoas param e aplaudem a passagem da caravana. A caravana ruma ao local de partida, acompanhando sempre a costa marítima e deslumbrando da magnífica paisagem que a ciclovia proporciona aos participantes, mas ainda existe tempo para uma paragem na praia de Paredes da Vitória para uma bem merecida “fresquinha”.
O passeio terminou na sede do clube, onde os participantes puderam desfrutar de mais um momento de convívio e entrega das respectivas lembranças…
Ao final do dia, com muito entusiasmo a organização revela: “com o primeiro encontro em 2004 o objectivo era divulgar e dinamizar um dos primeiros meios de transporte do ser humano, hoje, com a quinta edição esse primeiro objectivo foi mais que atingido, com o elevado número de participantes e restauros presentes. Com a presença de participantes de todos os pontos de Portugal e pela primeira vez participantes vindos de Espanha, o objectivo é agora divulgar o encontro ainda mais, não só em Portugal como por outros países”.
A próxima edição está já confirmada e com esta algumas novidades. A organização agradece ainda, a todos os amigos e patrocinadores que contribuíram e espera que continuem a contribuir para o sucesso deste encontro. O nosso muito obrigado.